Música

Cultura Música
Baile Black Music souldoriodejaneiro
10/10/2017
0
, , , ,
O Baile de Black Music souldoriodejaneiro está de volta e acontecerá neste sábado dia 14 de outubro a parti das 18 horas na cidade das artes, Barra da Tijuca com a presença ilustre do “Corello Dj”o pai do Baile Charme e a participação dos Dj’s “A” e Sadam com a participação dos nossos dançarinos e […]
Artigos Lazer Música
O carro de som do Souldoriodejaneiro.com estreou no Arpoador
10/01/2015
0
, , , , , , ,
Uma linda festa de aniversário foi a deixa para a estreia do nosso carro de som. Tem um encontro e deseja a presença do nosso carro? mande uma mensagem ai, quem sabe não rola.  A Souldoriodejaneiro.com.br agradece a presença do público que curtiu o melhor da Bossa Nova alias estávamos em Ipanema e outros ritmos […]
Artigos Cultura Lazer Música
Zumbi dos Palmares, dia de comemorar a liberdade.
19/11/2014
0
, , , , , , ,
Artigos Música
William Vorhees entrevista “O Pai do Baile Charme”, Corello DJ.
28/10/2014
4
Artigos Música
O Funk, suas raízes e suas futuras apostas.
20/09/2014
3
, , , , , ,
Num passado não muito distante, na favela, existia o samba desde de sempre, a black music estrangeira – com algumas pitadas de Toni Tornado, Gerson King Combo e acreditem o forró. Em cada Favela ou Morro. Como o samba diz: “Morro é Morro/ Favela é Favela/ Tranca é Tranca/ Tramela é Tramela… mil desculpas a ala do politicamente correto, mas para mim sempre será “Favela” e “Morro” mesmo.

Artigos Música
Qual a diferença entre o Charme e o Funk?
13/09/2014
1
, ,
Como charmeiro nato de raiz como diz a rapaziada cascuda, o que me motivou a escrever sobre o Baile Charme e dedicar uma boa parte da coluna a esse movimento literalmente Carioca foi o dia que uma amiga teimou comigo que o nosso Baile Charme não tinha nada haver com o Rio de Janeiro, aí é demais.

 

Artigos Destaques Música
Diversidade musical em Realengo, Padre Miguel e Bangu.
12/09/2014
0
, ,
Falar de Bangu sem incluir Padre Miguel e Realengo é como falar de Ipanema sem mencionar a bossa-nova. Sempre que se anda por aquelas bandas de bambas, é uma volta ao passado. Um passado bem remoto. Desde a chegada dos escravos alfaiates e dos escravos professores de piano, da corte de Portugal. O tempo passou […]